segunda-feira, 10 de junho de 2019

CRIANÇAS DO PRÉ II REALIZAM CULINÁRIA EM SALA DE AULA


As turmas de Pré II matutino e vespertino da Professora Silene Maria Poltronieri estão realizando um projeto chamado “Compadre Padeiro”. O projeto surgiu a partir da brincadeira “João pegou o pão”, as crianças adoraram a brincadeira e ideia de fazer o pão na escola. Compadre padeiro é um projeto que permite às crianças colocar a mão na massa e compartilhar o que sabem para fazer deliciosos pães, bolos, biscoitos, entre outras culinárias... Cozinhar é uma arte, exige criatividade, atenção, paciência, além de ser uma experiência muito divertida e rica em aprendizagens. Este projeto teve início em abril e vai durar o ano todo, intercalando com os outros temas trabalhado com as crianças no decorrer do ano letivo.

Seu principal objetivo é promover a aprendizagem por meio de experiências com receitas culinárias. Aprender brincando. Além de: Adquirir hábitos saudáveis de alimentação; Conhecer o gênero textual receita; Ter um contato inicial com as medidas utilizadas nas receitas (peso, quantidade, volume); Identificar os alimentos que compõem as receitas; Explorar as embalagens dos alimentos; Participar ativamente da execução de receitas culinárias; Aprender e seguir algumas normas de segurança e higiene na preparação dos alimentos; Interagir com todos os colegas durante as atividades e brincadeiras; Ampliar o repertório de músicas, desenvolvendo memória musical; entre outros...

Parabéns para a professora Silene e os seus alunos. O pão ficou delicioso. Conforme forem realizando as demais etapas do projeto, estaremos divulgando aqui no blog. Assim que possível colocaremos o link com as demais fotos para visualização.


(Texto e Publicação: Mari Camara - Coordenadora Pedagógica)


segunda-feira, 13 de maio de 2019

quinta-feira, 2 de maio de 2019

PRÉ II RECEBE OS AVÓS NA ESCOLA

As turmas de Pré II 01 (matutino) e 03 (vespertino) da Professora Sonia Sueli Silva Bertoli receberam alguns avós na sala de aula. No período de adaptação a professora sentiu a necessidade das crianças conhecerem melhor a escola, suas dependências e as pessoas que aqui trabalham, além das turmas mais próximas. Realizaram um passeio pela escola, fotografando e entrevistando os responsáveis pelos espaços onde visitavam. Após este período, durante a roda de conversa surgiu a vontade de conhecer melhor também as famílias.
Há alguns anos vem se realizando na escola o “Dia da Família na Escola”, buscando aproximar "escola e família". Com isso, essas turmas resolveram iniciar um projeto que acontecerá ao longo do ano letivo para conhecer melhor as famílias das crianças. Inicialmente o projeto se chamou “Conhecer os avós é preciso”, que tem como objetivo conscientizar as crianças sobre o respeito e o cuidado que se deve ter com os familiares, estabelecendo laços de afetividade, especialmente com os avós, possibilitar estas vivências e ao mesmo tempo conhecer suas histórias de vida, desde quando eram crianças até os dias de hoje.

Durante o mês de março foi colocado em prática as etapas do projeto, desde o convite feito aos avós que as crianças pintaram com aquarela, a confecção dos envelopes, rodas de conversa preparando-as para a conversa com os avós, até o momento tão esperado onde receberam os avós, tanto da turma do matutino quanto da turma do vespertino.
A vovó Darli (vovó da Lavínia) trouxe uma máquina de escrever antiga. A oma Lori (oma do Enzo) trouxe cuca na latinha de sardinha, pois era assim que sua avó Lili fazia para ela. A vó Tereza (vó da Maria Eduarda) as crianças acharam ela “toda chique, chique mesmo”. A vó Lurdes (vó da Isabella Stolf) trouxe muitas fotos de quando ela era criança. Vó Vera (vó do Artur Gabriel) contou que brincava de pula-tábua na escola e ensinou uma música. Vó Rosemery (vó do Murilo) contou várias histórias da sua infância. E ainda a tia-avó Shirley (tia-avó da Larissa) que contou sobre suas brincadeiras de infância e relatou que gostava mais de brincadeiras de meninos.
A professora Sonia relata entusiasmada como está sendo desenvolver este projeto, “os avós que nos visitaram contaram muitas histórias vividas por eles na sua infância. Cada avó que vinha gerava uma expectativa muito boa nas crianças. A presença delas e suas histórias encantaram tanto as crianças como a mim mesma. Vivenciar essa experiência com os avós trouxe muito mais proximidade entre nós, família e escola”, comenta a professora.
Conforme forem realizando as demais etapas do projeto, estaremos divulgando aqui no blog. Assim que possível colocaremos o link com as demais fotos para visualização.


Texto e Publicação: Mari Camara - Coordenadora Pedagógica 

segunda-feira, 29 de abril de 2019

EMEB RENATO PRADI PARTICIPA DO I SEMINÁRIO UNIVERSO AZUL, APAE E TEA


A coordenadora pedagógica Márcia Cristina de Paiva Silva representou a EMEB Renato Pradi no 1º Seminário Universo Azul, Apae e TEA, no dia 24, quarta-feira, no Centro Empresarial de Jaraguá do Sul.

A Apae teve sempre o foco na deficiência intelectual e a partir de 2017 apresentou-se uma nova realidade, fazendo com que a equipe fosse em busca desse Universo Azul, que é uma incógnita para muitos. A equipe tem se especializado e buscando se profissionalizar e melhorar a avaliação multidisciplinar e o atendimento a esse público, para com isso, capacitar e dar suporte aos profissionais de escolas que também atendem este público no ensino regular.

A primeira atividade foi conduzida pela psicóloga Letícia Fontana Lucas e pela terapeuta ocupacional Simone Orthmann. Em seguida neurologista Rafaela Montana Bayerl falou sobre “TEA: diagnóstico e trabalho”. À tarde, depois da apresentação cultural, a psicanalista e psicóloga Daniele Bridon abordou o tema “A metodologia IRDI e o laço educativo”, finalizando com a psicóloga Alini dos Santos Gorni sobre “Trata-se um autista, ou trata-se uma criança? Olhares que possibilitam um ir além”. 

Na avaliação da coordenadora pedagógica Márcia as palestras foram esclarecedoras, a condição do autístico é uma condição alheia às demais síndromes por ainda ser um universo desconhecido e sem causa aparente. Observa-se também a incidência maior em meninos que em meninas, por isso relaciona-se a cor azul para o autismo, mas não é uma regra, e cada caso deve ser acompanhado de forma particular, considerando as diferenças de cada indivíduo. 
Texto e Publicação: Mari Camara - Coordenadora Pedagógica 

quinta-feira, 25 de abril de 2019

FIQUE LIGADO, VEM AÍ O ENCCEJA 2019


O Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos – Encceja 2019 é a sua oportunidade para obter o certificado do ensino fundamental e médio.
Com ele, você pode concluir os seus estudos mesmo em idade avançada. Desse modo, estará preparado para ingressar no mercado de trabalho e fazer outras atividades que exijam esses diplomas.
A boa notícia é que ele é concedido gratuitamente para você fazer, o que se torna acessível para voltar a estudar depois de um bom tempo. Se este for o seu caso, então, não perca essa oportunidade que ocorre todo ano!
Sendo assim, você precisa ficar atento quanto ao prazo das inscrições, documentos exigidos, requisitos para participar, datas das provas, e demais informações.
O período das inscrições se iniciará em 20 de maio de 2019 finalizando em 31 de maio de 2019.
As provas acontecerão em 4 de agosto de 2019 (para ensino fundamental e ensino médio).
Para mais detalhes, acesse o site oficial Encceja 2019.
Texto e Publicação: Mari Camara - Coordenadora Pedagógica

EMEB RENATO PRADI PARTICIPA DE CAPACITAÇÃO DO PROGRAMA SAÚDE NA ESCOLA


A Coordenadora Pedagógica Mari Camara participou representando a EMEB Renato Pradi, nesta quarta (24), das 7h30 às 16h30, no auditório do CEJAS de uma capacitação do Programa Saúde na Escola, um evento de sensibilização dos profissionais da Educação e Saúde envolvidos na execução do Programa Saúde na Escola (PSE). O objetivo foi divulgar aos profissionais envolvidos com a execução deste programa os eixos temáticos que serão trabalhados com os alunos, dependendo de sua faixa etária e nível de conhecimento.
A escola Renato Pradi fará a articulação e parceria com os profissionais de saúde do Posto de Saúde do CAIC.
São 12 eixos temáticos a serem desenvolvidos:
1. Verificação e atualização da situação vacinal.
2. Alimentação Saudável e prevenção da obesidade infantil.
3. Combate ao mosquito Aedes Aegypti.
4. Promoção e avaliação de saúde bucal e aplicação tópica de flúor.
5. Saúde ocular e identificação de educandos com possíveis sinais de alteração.
6. Saúde auditiva e identificação de educandos com possíveis sinais de alteração.
7. Prevenção das violências e dos acidentes.
8. Identificação de sinais de agravos de doenças em eliminação.
9. Prevenção ao uso de álcool, tabaco, crack e outras drogas.
10. Práticas corporais, da atividade física e do lazer nas escolas.
11. Promoção da cultura de paz, cidadania e direitos humanos.
12. Direito sexual e reprodutivo e prevenção de DST/AIDS.
O PSE é uma estratégia de integração da saúde e educação para o desenvolvimento da cidadania e da qualificação das políticas públicas brasileiras.

Houve apresentações de experiências exitosas na articulação Saúde e Escola, onde os profissionais apresentaram breves relatos, imagens, vídeos, entre outros, do que já vem sendo trabalhado no município.

Também ocorreu a apresentação do programa Jaraguá Mais Saudável, uma iniciativa do Sesi (Serviço Social da Indústria de Santa Catarina) em parceria com ACIJS e PMJS. O programa busca tornar a cidade de Jaraguá do Sul mais saudável. Apresenta 3 eixos principais: comer, mover e pertencer. Irá atuar para fomentar iniciativas individuais e coletivas que promovam saúde e favoreçam a qualidade de vida. Seu principal objetivo é orientar a população a adotar hábitos saudáveis e facilitar a mudança no estilo de vida. Uma página na internet será lançada nos próximos dias com mais informações.

E por fim, reuniram-se por Distritos de Saúde e respectivas EMEBs e CMEIs para discutirem algumas ações para implementar os eixos temáticos a serem trabalhados com os alunos da rede municipal de ensino.
Texto e Publicação: Mari Camara - Coordenadora Pedagógica

quinta-feira, 18 de abril de 2019

FELIZ ANIVERSÁRIO EMEB RENATO PRADI


A Escola Municipal de Educação Básica Renato Pradi completa 89 anos de existência, amanhã, 19 de abril. Hoje parabenizamos e homenageamos todos àqueles que fizeram parte desta escola. É dia de aplaudir toda a caminhada e todas as atividades realizados ao longo destes anos, cada professor, cada funcionário e cada aluno que passou por aqui dando sua contribuição para o sucesso desta escola.



Após cantarmos o Hino Nacional, a Professora de Língua Portuguesa Leuzicléia Duarte cantou o Hino da Escola "Projetos e sonhos". O Hino da Escola foi composto no ano de 2010, quando a escola completou 80 anos, pela própria professora. Foi emocionante, alunos, funcionários e professores cantando o hino junto com quem compôs.



As turmas de Pré II apresentaram o Patrono da Escola e um pouco da sua história. A professora Silene Maria Poltronieri leu um pouco de sua biografia. A trajetória do Prof. Renato Pradi é um exemplo entre todas as histórias que aconteceram nesta escola ao longo destes 89 anos: ele foi aluno, passou a nobre função de Professor, até ser homenageado como Patrono da nossa escola.



A Professora de Língua Inglesa Ivete Boeno homenageou a escola com uma Poesia de sua autoria, chamada “Aniversário”. 
As turmas dos 5º anos, coordenados pela Professora Vandileia Marquardt Ceresér apresentaram uma paródia da música Envelheço na cidade, da banda Ira. 
E para finalizarmos todos os alunos cantaram juntos o Parabéns pra você.
(Texto: Mari Camara - Coordenadora Pedagógica)

quarta-feira, 10 de abril de 2019

AQUISIÇÃO DE BRINQUEDOS PARA O PARQUINHO E CASINHA


O parquinho na escola e a casinha não é apenas um lugar para brincar, ele é um espaço para o desenvolvimento das habilidades motoras e sociais que serão usadas pelas crianças ao longo da vida.

As crianças possuem diversas razões para brincar, sendo uma delas o próprio prazer que podem usufruir enquanto brincam. No entanto, é importante salientar que a brincadeira possui um lugar fundamental no desenvolvimento infantil. A importância da brincadeira pode estar relacionada com a possibilidade de fornecer à criança um ambiente planejado e enriquecido que propicie a aprendizagem de várias atividades. Além disso, a brincadeira está ligada também aos aspectos do desenvolvimento físico, cognitivo, social e afetivo.

A brincadeira, ainda, contribui de forma bastante efetiva para o relacionamento social das crianças, visto que oferece uma forma livre e autônoma de interação entre as mesmas. Através dela, a criança é capaz de resgatar valores e sentimentos que são importantes para a vida adulta, como a responsabilidade, além aprender a importância da negociação, da conquista, de conviver com regras e a resolver conflitos.

Para enriquecer estes momentos de interações e brincadeiras a escola adquiriu diversos brinquedos, fazendo um investimento de cerca de R$1,600,00.

terça-feira, 2 de abril de 2019

7ª TARDE DO PASTEL E DIA DA FAMÍLIA NA ESCOLA


Neste sábado (06), acontecerá na escola a nossa tradicional “Tarde do Pastel”, juntamente com o “Dia da Família na Escola”. O evento é uma parceria entre a EMEB Renato Pradi e a EEM Profª Darci Franke Welk, com o objetivo de aproximar cada vez mais família e escola, além de estimular a participação da família na vida escolar dos alunos. 



Neste ano contamos com a parceria da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer, que traz o “Movimenta Jaraguá” para nosso evento. A programação, gratuita, envolverá atividades esportivas, culturais, recreativas e de atendimento à comunidade.

São mais de 20 parceiros envolvidos. Entre eles: Sesi – Projeto Jaraguá Mais Saudável, Secretaria de Educação, Secretaria de Saúde, Fujama, Diretoria de Cultura, 14º Batalhão da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Skill Idiomas – Escola de Inglês e Espanhol, Educamix Cursos Jaraguá do Sul, Uniasselvi – Faculdade, Centro Universitário – Católica de Santa Catarina, UniSociesc Jaraguá do Sul, Comissão Esportiva, PodoHelp, Studio de Dança, Zumba, Capoeira, Instituto Heller de Karatê, Taekwondo – Mertre Helton, entre outros...
 
Os tickets de pastéis já estão a venda na secretaria da escola, no valor de R$3,00. Teremos pastéis de frango com catupiri, carne, pizza, banana e chocolate. Convidamos toda a comunidade escolar para prestigiarem mais um evento de sucesso da escola. 

Desde já agradecemos. Família e Escola: a união que faz a diferença! Participe!




(Texto: Mari Camara - Coordenadora Pedagógica)

quarta-feira, 27 de março de 2019

HISTÓRIAS EM QUADRINHOS COMO INCENTIVO À LEITURA


A aluna do 7º ano 02, Suelen de Andrade, trouxe como doação para a biblioteca da emeb Renato Pradi 100 unidades de histórias em quadrinhos, da Turma da Mônica, do Mauricio de Sousa.

Há muito tempo a escola utiliza os gibis como recurso de incentivo à leitura, pois a partir deles os alunos são apresentados a outros gêneros textuais, a outras formas de ler, de compreender o mundo letrado e a interpretar o ambiente em que estão inseridos.

Márcia Regina Perrelli, professora de Língua Portuguesa da Rede Pública do Paraná, em seu trabalho de especialização - Leitura: a contribuição das histórias em quadrinhos para a formação do leitor, diz que: “As histórias em quadrinhos podem ser consideradas ferramentas importantes para se iniciar o processo de incentivo à leitura em sala de aula. Nesse sentido, o professor poderá, por meio desse gênero textual, trabalhar com a leitura de textos escritos acompanhados de textos visuais. Levar os alunos a perceberem que existem vários elementos que colaboram para a compreensão do texto, como por exemplo, os indicativos de deslocamentos, sons, espaços entre outros elementos presentes no texto. Muito importante será também fazer a diferenciação entre balões que indicam que a personagem está falando dos que indicam que a personagem está pensando, bem como fazer a exploração das expressões faciais dos personagens. Outro fator importante é a diversidade de temas que as histórias apresentam e que geralmente são do interesse dos alunos e os atraem para a leitura.”

O material já está disponível para leitura na biblioteca da escola.

(Texto: Ioná Jusseli Fagundes - Auxiliar de Biblioteca)

PRÉ ESCOLA PRIMEIROS PASSOS PARA A INCLUSÃO

Heloisa Helena da Silva, de 4 anos, Pré I 02
No último dia 21 de março, celebramos o Dia Internacional da Síndrome de Down. A inclusão da criança com Síndrome de Down no âmbito escolar é de grande importância para a educação, pois é um direito garantido a todos por Lei, sem diferenciação de cor, etnia, religião ou qualquer tipo de necessidade especial. Crianças com Síndrome de Down, devem ser colocadas nas escolas desde os primeiros anos de vida, assim como qualquer outra. A cada ano que passa, a voz das pessoas com a deficiência e daqueles que vivem e trabalham com elas se torna mais forte.

A entrada na Pré Escola é um marco na vida para todas as crianças. A infância é o momento onde a criança recebe os primeiros estímulos, que irão influenciar na sua trajetória escolar e no seu desenvolvimento futuramente. A inclusão escolar de uma criança com Síndrome de Down, ou com qualquer outra deficiência intelectual neste período da vida costuma ter resultados muito positivos, tanto para a a própria criança deficiente, quanto para as demais crianças da escola.

Turma do Aloisio Gabriel Gascho, de 5 anos, Pré II 03
A EMEB Renato Pradi gostaria de homenagear os alunos Down; Heloisa Helena da Silva, de 4 anos, Pré I 02 – Matutino e Aloisio Gabriel Gascho, de 5 anos, Pré II 03 – Vespertino.

Para a equipe pedagógica da escola, quanto mais cedo as crianças com Down convivem com outras sem a síndrome mais naturalmente todos lidam com a situação. Crianças querem apenas brincar e se divertir. Crianças com Down são, sobretudo, crianças. E esta convivência faz todos aprenderem e crescerem juntos, sem preconceitos. 

Segundo Paulo Freire, a inclusão acontece quando... "Se aprende com as diferenças e não com as igualdades".

(Texto: Mari Camara - Coordenadora Pedagógica)
 

quinta-feira, 21 de março de 2019

NOVOS LIVROS NO ACERVO DA BIBLIOTECA


No início do mês de março a biblioteca foi contemplada com novos livros, oriundos de um projeto que capta recursos junto às empresas da circunvizinhança. São aproximadamente 70 obras, de literatura infantil e juvenil, nacional e estrangeira.
A escola, ainda no final do ano passado, também contribuiu para a ampliação do acervo, investindo um total de R$ 500,00 na compra de novos títulos.
Nossa comunidade escolar, sempre parceira, foi responsável pela doação de 54 livros, dos autores mais requisitados pelos alunos.
O material começou a ser apresentado durante a semana de abertura da biblioteca e empolgou a garotada.
(Texto: Ioná Jusseli Fagundes - Auxiliar de Biblioteca)

segunda-feira, 18 de março de 2019

PROJETO EXTRA CLASSE DE BASQUETE REINICIOU AS ATIVIDADES


O projeto de Basquete Polo Renato Pradi retornou as atividades no dia 11/03/2019. A iniciativa acontece por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, do governo federal, através do projeto “A Bola da Vez”. A Prof. Márcia Koshinski dos Santos, coordena as turmas da EMEB Renato Pradi. 

Foram abertas duas turmas, sendo:
- Segundas-feira, das 17h às 18h30, alunos de 9 a 11 anos; 
- Quartas-feira, das 17h às 18h30, alunos de 12 a 15 anos.

Para participar é só ter muita vontade de aprender basquete e entregar a autorização preenchida e assinada pelo responsável. As aulas acontecem na quadra esportiva da escola. Os alunos recebem uma camiseta do projeto e deverão vesti-la em todos os dias de treino!
(Texto: Mari Camara - Coordenadora Pedagógica) 

terça-feira, 12 de março de 2019

REUNIÃO DE PAIS


Família e Escola: união que faz a diferença!

O quê? Reunião de Pais

Quando: 12/03/2019 (Terça-feira) Turmas: 1º e 2º anos
Quando: 14/03/2019 (Quinta-feira) Turmas: 3º ao 5º anos
Quando: 19/03/2019 (Terça-feira) Turmas: 6º ao 9º anos
Quando: 21/03/2019 (Terça-feira) Turmas: Pré I e Pré II

Local: Auditório da Escola
Horário: 19h

Equipe Renato Pradi

DIA DA BIBLIOTECÁRIA


O papel da bibliotecária é fundamental para dar oportunidade para uma criança conhecer o mundo encantado dos livros,, seja através dos clássicos infantis, contos, lendas, anedotas, quadrinhos, dentre vários outros.
Para isso, é fundamental que a bibliotecária seja um dos elementos de ligação entre os alunos e os livros, ao mundo do faz-de-conta, pois estes ampliam o potencial imaginativo da criança, tornando-a mais criativa.
Portanto, o papel que cabe à biblioteca escolar e, por extensão, ao bibliotecário que nela atua, é o de estimular, coordenar e organizar o processo de leitura para que, por meio dela, a criança/adolescente/jovem aumente seus conhecimentos, sua capacidade crítica e reflexiva que lhe permitam atuar melhor na sociedade. Está superado o conceito tradicional de que a biblioteca escolar seja um depósito de livros doados pelo Governo ou por particulares para complementar o programa de estudos. Sua função agora é a de ser um centro de informação e cultura.
Neste dia da bibliotecária, gostaríamos de relembrar a sua importância e parabenizar a bibliotecária da EMEB Renato Pradi, Ioná Fagundes.

GRATIDÃO!


segunda-feira, 25 de fevereiro de 2019

ENTREVISTA COM PAIS - PRÉ I E PRÉ II


A EMEB Renato Pradi realiza nos dias 26 de fevereiro(terça-feira) e 07 de março(quinta-feira) a “Entrevista com Pais”, das turmas de Pré I e Pré II. O atendimento é individual, a partir das 17h15min, conforme agendamento. Momento este, muito importante para as professoras, onde visa promover uma maior aproximação entre família e escola, e é fundamental para que os pais se aprimorem como educadores dos filhos e compartilhem com as professoras, as dificuldades, desafios e soluções da educação. Além disso, auxilia as professoras a compreender a realidade em que vive o aluno, oportunidade para os pais recebem orientações e esclarecem dúvidas, firmando uma relação de confiança e cooperação com os professores. Família e escola: de mãos dadas em busca de uma educação de qualidade.
 (Texto: Mari Camara - Coordenadora Pedagógica).

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019

VOLTA ÀS AULAS

Mais um ano se inicia, cheio de expectativas, cheio de esperança. Por mais que pareça que o ano vai ser como os outros, não é, pode ser até parecido e cheio de semelhanças.Você pode fazer diferente. Porém, seu ano não vai ser diferente, se você continuar com os velhos pensamentos e atitudes! Por isso, desejamos à você um 2019 com muito AMOR... amor para recomeçar!


AMOR PRA RECOMEÇAR
Frejat

Eu te desejo não parar tão cedo
Pois toda idade tem prazer e medo
E com os que erram feio e bastante
Que você consiga ser tolerante
Quando você ficar triste
Que seja por um dia, e não o ano inteiro
E que você descubra que rir é bom,
mas que rir de tudo é desespero

Desejo que você tenha a quem amar
E quando estiver bem cansado
Ainda, exista amor pra recomeçar
Pra recomeçar

Eu te desejo, muitos amigos
Mas que em um você possa confiar
E que tenha até inimigos
Pra você não deixar de duvidar
Quando você ficar triste
Que seja por um dia, e não o ano inteiro
E que você descubra que rir é bom,
mas que rir de tudo é desespero
Desejo que você tenha quem amar
E quando estiver bem cansado
Ainda, exista amor pra recomeçar
Pra recomeçar

Eu desejo que você ganhe dinheiro
Pois é preciso viver também
E que você diga a ele, pelo menos uma vez,
Quem é mesmo o dono de quem

Desejo que você tenha a quem amar
E quando estiver bem cansado
Ainda, exista amor pra recomeçar
Pra recomeçar
Pra recomeçar.


Equipe Renato Pradi